A riqueza não se mede pelo que você tem
28/03/2019 16:00 em Artigos

Grande sucesso nos anos 90, Chris Durán falou sobre o período de sua vida em que abriu mão da fama e do dinheiro para focar em sua verdadeira felicidade. Apesar de todo sucesso alcançado, o cantor caiu em profunda depressão e precisou fazer uma reavaliação. A declaração aconteceu durante uma gravação para a série Dinheiro Não Traz Felicidade, do Jornal da Record.

– No auge da minha fama, eu não era uma pessoa feliz. Eu era um jovem que tinha muitas mulheres, gostava da farra, mas comecei a querer evitar as pessoas. Esse super assédio fazia com que eu não conseguisse entender quem eu era – contou o artista.

 

A Record encomendou uma pesquisa ao Instituto Realtime Bigdata para avaliar a relação entre o dinheiro e a felicidade. Das 1.000 pessoas ouvidas, mais de 80% se declararam felizes e os maiores motivos de felicidade foram família (38%), emprego (14%), saúde (12%), amigos (5%), dinheiro (3%) e outros (8%).

Foi justamente a família que ajudou Chris Durán a superar a crise de identidade. Cristão, ele usa a música para mudar a vida das pessoas.

– Não é o dinheiro na sua conta, não é você ser aplaudido, não é você andar de limousine. A riqueza não se mede pelo que você tem, mas pela essência que você guarda e que você procura para sua vida interior – finalizou.

Por Pr Márcio Batista
Fonte: Pleno News
Foto: Chris Duran

COMENTÁRIOS